R. Voluntários da Pátria 190 / sl 526
Botafogo - Rio de Janeiro
(21) 98176-1823 (whatsapp)
(21) 2246-5575
recepcao@novaclinic.com.br
Email

Menopausa e climatério

Menopausa e climatério

Menopausa é o período fisiológico após a última menstruação espontânea da mulher. O início da menopausa só pode ser considerado após um ano do último fluxo menstrual, uma vez que, durante esse intervalo, a mulher ainda pode, ocasionalmente, menstruar.

Esse tempo de transição que antecede a menopausa é chamado de climatério. Ele representa a passagem da fase reprodutiva da mulher para a não reprodutiva. O organismo deixa de produzir, de forma lenta e gradativa, os hormônios estrogênio e progesterona.

Não há uma idade exata para a menopausa: ela varia de mulher para mulher. Em média, ocorre entre os 45 e 55 anos. Pode acontecer antes dessa fase, de forma espontânea ou cirúrgica – a chamada menopausa precoce. A menopausa cirúrgica ocorre após a retirada dos ovários ou do útero. Quando aparece após os 55 anos, é intitulada menopausa tardia.

Durante o climatério podem aparecer sintomas físicos e comportamentais com intensidade variável. São eles: ressecamento vaginal (secura), ondas de calor (fogachos), suores noturnos, insônia, diminuição no desejo sexual, diminuição da atenção e memória, perda de massa óssea (osteoporose), aumento do risco de doenças cardiovasculares, alterações na distribuição da gordura corporal e depressão.

Nessa fase, é ideal que a mulher faça consulta regulares com outros profissionais além do ginecologista habitual, especialmente com o cardiologista e, se necessário, o psicólogo.

Os exames mais solicitados são a mamografia, a ultrassonografia e o Papanicolau. Podemos considerar também a realização de exames de laboratório e, em caso de suspeita de osteoporose, a densitometria óssea.

O método mais eficaz de tratar a menopausa é a terapia de reposição hormonal. Ela deve ser avaliada de forma muito criteriosa pelos riscos que pode trazer.